24.3.09

Educação para quê?



O CQC é uma sensação da nossa TV, não só por causa do humor, mas também porque é inteligente, sério e, por que não dizer, educativo. O vídeo acima, por exemplo, nos lembra que cada povo tem o governo que merece - e que elege. Quando dizemos que o congresso é corrupto, estamos afirmando, ao mesmo tempo, que a nossa sociedade é corrupta e que eu e você, se não somos corruptos, no mínimo não fazemos nossa parte como cidadãos.

Como mudar? Que tipo de sociedade nós queremos? Para responder essa pergunta, colo um pedaço de um texto do mestre Antônio Carlos Gomes da Costa (Protagonismo Juvenil - você pode ler o texto inteiro clicando AQUI)

"No Brasil esta questão já está respondida no artigo 30 da nossa Constituição Federal:
Artigo 30: “Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:
I - construir uma sociedade livre, justa e solidária;
II - garantir o desenvolvimento nacional;
III - erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;
IV - promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

E como fazer isso?
Essa pergunta nos remete à questão dos meios da educação. Se quisermos transmitir valores às novas gerações, não deveremos nos limitar à dimensão dos conteúdos intelectuais, transmitidas através da docência, devemos ir além. Os valores devem ser, mais do que transmitidos, vividos. A inteligência não é a única via de acesso e expressão dos valores. Eles se manifestam quando sentimos, escolhemos, decidimos ou agimos nesta ou naquela direção.

No interior dessa visão, o que significa educar?
Educar, de acordo com a visão aqui defendida, é criar espaços para que o educando possa empreender ele próprio a construção do seu ser, ou seja, a realização de suas potencialidades em termos pessoais e sociais."

Um resumo disso tudo seria:
Educação de qualidade para todos = educação de valores para todos = sociedade livre, justa, solidária e honesta = representantes mais competentes e honestos.

Sacou ou quer que eu desenhe?

2 comentários:

  1. Fantástico o clip dos "honestos" e o texto. Brasil, meu Brasil, brasileiro ...... Isso tem que mudar!

    ResponderExcluir