21.7.09

Por que tecnologia?

Há algum tempo, o professor Ben Grey publicou um texto com esse título em seu blog. Nele, ele explica que os cortes nos orçamentos provocados pela crise estão levando vários distritos a investir menos ou até não investir em tecnologia. Afinal de contas, esse investimento muitas vezes não provocava um aumento significativo nas notas dos alunos. Ele convidou amigos e leitores a refletir sobre essa questão: o que diriam aos gestores se fossem perguntados "por que devemos investir em tecnologia?". As respostas foram tantas (você pode ver algumas aqui, aqui, aqui e aqui) e tão imediatas, que ele sentiu a necessidade de escrever um novo texto, bem looongo, incluindo as reflexões que considerou mais importantes. Abaixo eu reproduzo alguns dos melhores argumentos:

- As tecnologias permitem aos alunos criar, colaborar e compartilhar;

- Através da utilização de tecnologias, os alunos podem vivenciar o objeto da aprendizagem, entrevistando pessoas, fazendo visitas virtuais, ouvindo discursos, assistindo a palestras de especialistas e isso tudo faz com que o impacto da aprendizagem seja muito maior, não só na memória e no que é aprendido, mas na motivação para participar das aulas;

- As tecnologias criam oportunidades que não seriam possíveis sem elas, como a melhoria da qualidade da educação para educandos que moram em lugares remotos;

- A tecnologia está presente e em constante mudança em nossas vidas. Utilizamos tecnologias para o trabalho, comunicação, diversão, etc. Em qualquer área, aqueles que não estão abertos para "desaprender" e reaprender novas tecnologias se tornam inúteis e irrelevantes;

- Os educandos passam a ser mais autônomos, curiosos e criativos usando novas tecnologias.

Eu ainda adicionaria outras razões:

- Os educandos de hoje são nativos digitais, se comportam e pensam de maneira diferente de outras gerações. A utilização de tecnologia pode aproximar ou afastar educandos e educadores, gerando um grande impacto nos relacionamentos e, consequentemente, na aprendizagem;

- A utilização apropriada de tecnologias pode baratear custos (cursos a distância, skype, livros virtuais, etc);

- As tecnologias também podem tornar o trabalho dos educadores mais fácil e divertido;

- As tecnologias estão nos fazendo repensar tudo o que está relacionado com educação: o que é uma escola, a necessidade de livros, o papel do educador, o que deve ser aprendido, etc;

- A tecnologia NÃO é só um meio. É uma linguagem. É um fim. É algo que os educandos devem aprender pra que possam ser realmente atuantes no mundo atual. Não saber como usar a internet, o Word, um blog, o Powerpoint é ser um excluído. Por isso, a utilização de tecnologias precisa ser aprendida na escola ou os educandos correm o risco de ter suas possibilidades e oportunidades limitadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário